domingo, 4 de julho de 2010

Química recebe prêmio



Química apoiada e premiada
Andreza Cristina Souza Silva (dir.), ganhadora do Prêmio CRQ-IV na categoria Química de Nível Superior, com sua orientadora Ana Maria Pires (foto: divulgação)

Especiais

Química apoiada e premiada

2/7/2010
Por Fábio Reynol
Agência FAPESP – Das quatro categorias do Prêmio CRQ-IV, concedido pelo Conselho Regional de Química – 4ª Região, três foram vencidas por trabalhos apoiados pela FAPESP. O prêmio contemplou trabalhos realizados em 2009.
A entrega do prêmio, realizada em junho, envolveu a concessão de um certificado e a importância de R$ 8 mil ao estudante vencedor de cada categoria, e de R$ 3.750 ao seu orientador.
A categoria Química de Nível Superior foi vencida por Andreza Cristina Souza Silva, que teve Bolsa de Iniciação Científica da FAPESP. Graduada em química pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), ela participou com o trabalho “Íons terras-raras como sondas estruturais: investigação da influência de íons terras-raras na dopagem do semicondutor Zn7Sb2O12”.
“O apoio da FAPESP foi fundamental para essa conquista”, disse Ana Maria Pires, professora do Departamento de Química, Física e Biologia da Unesp, que orientou Andreza junto com o professor Marcos Augusto de Lima Nobre, do mesmo departamento.
“O trabalho de Andreza foi considerado profundo para uma pesquisa de iniciação científica. O rigor da FAPESP na avaliação dos relatórios científicos da bolsa ajudou nesse sentido”, disse Ana Maria à Agência FAPESP. A orientadora também conta com apoio da Fundação, por meio do Programa Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes, em um projeto com nanomarcadores e sondas luminescentes.
Edimilson Cândido Leonel, estudante da Universidade de Franca (Unifran), apresentou o trabalho “Aproveitamento da glicerina proveniente da produção de biodiesel na obtenção de adsorventes para Cr3+ de rejeitos de curtumes”, com orientação do professor Paulo Sérgio Calefi, que ficou em primeiro lugar na categoria Engenharia Química.
O estudo de Leonel foi feito no âmbito do projeto “Materiais híbridos orgânico-inorgânicos derivados de caulinita e ácidos carboxílicos”, coordenado por Calefi e apoiado pela FAPESP na modalidade Auxílio à Pesquisa – Regular.
Bolsista de iniciação científica do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Leonel desenvolveu um processo no qual combina glicerina, um subproduto da produção de biodiesel, com o mineral caulinita.
O produto químico resultante foi aplicado com sucesso na remoção de cromo da água descartada por curtumes. Aplicado com a finalidade de dar estabilidade ao couro, o cromo se transforma em um produto nocivo ao se combinar com elementos presentes no solo. “No entanto, ao ser retirado da água, ele pode ser utilizado como suplemento alimentar em ração animal”, explicou Calefi.
Na categoria Química de Nível Superior com Tecnologia, o primeiro lugar ficou com Anderson de Jesus Bonon, aluno da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), pelo trabalho “Oxidação verde de hidrocarbonetos e produtos naturais catalisada pelo titânio-silicato Ti-MMM-2/H2O2”.
O objetivo foi desenvolver processos de produção de aromas que resultassem em menos resíduos e, consequentemente, em menor impacto ambiental, segundo explicou o orientador do projeto, Dalmo Mandelli, atualmente professor da Universidade Federal do ABC.
O trabalho de Bonon foi realizado no âmbito do projeto “Oxidação de compostos orgânicos incluindo produtos naturais catalisada por complexos de metais de transição: Mn, Os e Cu”, que está em fase de conclusão e conta com o apoio de um Auxílio à Pesquisa – Regular da FAPESP.
O projeto foi realizado em cooperação com Georgiy Shulpin e Oksana Kholdeeva, da Academia Russa de Ciências. “Shulpin chegou a vir ao Brasil graças ao apoio da FAPESP por meio de um Auxílio à Pesquisa – Pesquisador Visitante”, contou Mandelli.
A quarta categoria do prêmio, Química de Nível Médio, foi vencida pelos estudantes Francine Pereira Farias, Anderson Aparecido do Prado e Fernanda Aparecida Lopes, da Escola Senai Luiz Simon do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial.
Orientados pelo professor José Carlos Mancilha eles desenvolveram o estudo intitulado “Projeto de Produção de Biodiesel em processo contínuo”.
Destinado a estudantes de cursos técnicos e superiores de química no Estado de São Paulo, o Prêmio CRQ-IV é um concurso anual promovido pelo Conselho Regional de Química – 4ª Região que visa a estimular a pesquisa entre os futuros profissionais da área.
Mais informações: www.crq4.org.br 

obrigado pela visita

Related Posts with Thumbnails