domingo, 5 de maio de 2013

Gestão Financeira: O processo democrático em discussão


Prof. Adão Reinaldo Farias

A escola tem um papel importante na sociedade, tanto que ao longo do tempo ela vem se transformando e adequando-se conforme as constantes mudanças que o homem provoca, mas vale lembrar que a escola por muitas vezes não consegue acompanhar as mudanças conforme o ritmo que elas acontecem, principalmente a escola pública.
Ao longo do processo de expansão da escolaridade, principalmente com a universalização do ensino, em nosso país, o crescimento das ofertas escolar fez com que a qualidade de ensino tivesse uma queda. Na nossa sociedade, o ensino de qualidade ainda é um sonho a ser perseguido, pois não são todas as escolas que conseguem dar o ensino que deveria ser dado, a vontade é enorme, mas falta estrutura e os recursos são ainda precários.
A escola, enfim, faz parte de uma sociedade capitalista que promove a desigualdade social, com a concentração de renda, a injustiça, a exclusão social e a discriminação.
Organizar o trabalho pedagógico em escola pública não é uma tarefa fácil é algo abrangente, requer uma formação de boa qualidade além de exigir do gestor um trabalho coletivo que busque incessantemente a autonomia, liberdade, emancipação e a participação na construção do projeto político-pedagógico. Numa gestão democrática, o gestor precisará saber como trabalhar os conflitos e desencontros, deverá ter competência para buscar novas alternativas e que as mesmas atenda aos interesses da comunidade escolar, deverá compreender que a qualidade da escola dependerá da participação efetiva de todos membros, inclusive das instâncias colegiadas, respeitando a individualidade de cada um e buscando nos conhecimentos individuais novas fontes de enriquecer o trabalho coletivo.
A organização do trabalho pedagógico é uma estratégia educacional para democratizar o processo ensino-aprendizagem, então é de suma relevância para um gestor implementar novas forma de administrar em que a comunicação e o diálogo estejam inseridos na prática pedagógica do docente. Cabe ao gestor assumir a liderança deste processo com competência técnica e política.
A participação é o principal meio de assegurar a gestão democrática da escola, possibilitando o envolvimento de todos os profissionais e usuários no processo de tomada de decisões, na aplicação do recursos financeiros e no funcionamento da organização escolar. Além disso, proporciona um melhor conhecimento dos recursos financeiros, dos objetivos, das metas, da estrutura organizacional e de sua dinâmica das relações da escola com a comunidade, e favorece uma aproximação maior entre o gestor, professores, alunos e pais.



obrigado pela visita

Related Posts with Thumbnails