sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Metais no cotidiano...

  Metais em nossa vida

Que metais você conhece? Em que objetos ou aparelhos podemos encontrá-los?
Bom, um metal que você poderiam ter pensado é o ferro (Fe), o segundo metal mais abundante na crosta terrestre perdendo apenas para o alumínio (Al); o ouro (Au) utilizado como jóias, em componentes eletrônicos; mercúrio (Hg) em termômetros. Há cerca de 70 metais diferentes, aqueles encontrados na tabela periódica, mas será como será que são encontrados naturalmente? E em que locais?

Onde estão os metais?
Assim como o petróleo, a madeira e outras matérias-primas, os metais também são extraídos da natureza, geralmente de formações rochosas. No Brasil são produzidos, principalmente ferro e alumínio. O Fe é encontrado no minério de ferro (Fe2O3), sendo que 60% da produção nacional provem do quadrilátero ferrífero (MG), onde também encontramos manganês e ouro.
O Al, cujo mineral é a bauxita (principalmente Al2O3), é extraído de jazidas no Pará e em Minas Gerais.

Mas atenção...
Os métodos de extração muitas vezes provocam desequilíbrio ambiental como no caso do garimpo do ouro na Amazônia, cujo procedimento adotado fazia uso de mercúrio que contaminou diversos rios da região. A extração de ferro demanda grande quantidade de água, e posteriormente retorna aos rios tornando-se barrentas, o que afeta a produção de alimentos para os animais marinhos em geral devido à baixa luminosidade.
Medidas já foram tomadas no caso do ouro, mas ainda há rios contaminados. Quanto ao ferro a principal empresa do Brasil, Vale®, reutiliza cerca de 80% da água(1), e promove ações de reflorestamento em locais desmatados pela atividade mineradora.

O que eles tem de bom?

O que nos atrai nos metais são, principalmente, algumas de suas propriedades, por exemplo, o que resfria mais rápido uma latinha de refrigerante ou uma garrafinha do mesmo refrigerante? As latas conduzem melhor o calor, ou seja, a retirada de calor da latinha faz com que o refrigerante fique gelado mais rápido. Da mesma forma as panelas (de alumínio, ferro...) deixa o calor da chama do fogão passar mais facilmente em comparação com uma de feita de barro ou de vidro.
A energia que nos postes de eletricidade chega a nossas casas porque nos fio é possível à passagem de corrente elétrica, que não ocorre na madeira, nos interruptores (feitos de plástico).
Um processo muito conhecido é a formação de ferrugem. Esse mesmo processo não ocorre exclusivamente com o ferro, mas com qualquer metal que entre em contato com a umidade e o oxigênio do ar. Um modo de se prevenir à oxidação, nome dado a esse fenômeno, é a pintura. Essa forma uma barreira isolante do metal. Um exemplo prático são os portões, que além da pintura recebem um outro produto o zircão, cuja propriedade é “enferrujar” primeiro que o ferro.

De que metal é feito???
Anteriormente citamos alguns objetos onde se utilizam metais, mas que metais são esses? Eles poderiam ser substituídos?
No caso da latinha de refrigerante o metal usado é o alumínio, pois além de ser relativamente abundante e tem baixa densidade, ou seja, para armazenar o mesmo volume de líquido, a lata de Al forma um recipiente mais leve comparado com o aço. O baixo custo na reciclagem do alumínio é um atrativo para aumentar o seu uso.
As lâmpadas incandescentes possuem diversos metais com está indicado na figura 1. Um metal pouco conhecido que constitui o filamento (parte da lâmpada que na passagem de corrente elétrica produz a luminosidade) é o tungstênio (W), que possui um alto ponto de fusão (temperatura na qual um sólido vira líquido) necessário, pois nessa região da lâmpada a temperatura chega em torno de 3000°C (2) . Outro metal ao invés do W poderia derreter a essa temperatura.
Outra forma de aplicação dos metais é não forma de liga metálica, onde não existe somente um único metal constituindo o material, mas uma mistura de metais ou outros elementos. Exemplos disso, o bronze (estanho, Sn e cobre, Cu), latão (cobre e zinco) e a liga mais utilizada o aço (ferro e carbono até 1%), cujos principais atrativos é a baixa densidade e sua grande resistência mecânica, utilizado na construção civil, na produção de panelas.

Descarte
Algo que você já deve ter pensado é onde jogar aquela latinha de refrigerante ou aquelas pilhas usadas? É importante que se saiba que a maioria dos metais podem ser reutilizados, como no caso das pilhas e baterias ao término da carga os matérias ainda permanecem lá, principalmente manganês e zinco, que se chegarem a plantações retardam o crescimento geram plantas menos desenvolvidas.
No caso das latinhas a reciclagem é muito realizada, pois a quantidade de energia gasta para fundir o alumínio e remodelá-lo é 20 vezes menor.
De um modo à reciclagem e o reaproveitamento dos metais é importante para diminuir o impacto ambiental devido às práticas exploratórias.

FONTE:

obrigado pela visita

Related Posts with Thumbnails