segunda-feira, 25 de abril de 2011

Química Ambiental (prática pedagógica tv multimídia)

Justificativa:

De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases (Lei 9394/96), é obrigatório o ensino de Educação Ambiental para todos os níveis de ensino e a conscientização pública para a preservação do meio ambiente. E como falar em Educação Ambiental sem conhecer a Química Ambiental?

 A Química Ambiental originou-se da Química clássica e hoje é uma ciência interdisciplinar por envolver não só as áreas básicas da Química como também a Biologia, a Geologia, a Ecologia e a Engenharia Sanitária.

 A Química Ambiental estuda os processos químicos (mudanças) que ocorrem no meio ambiente. Essas mudanças podem ser naturais ou causadas pelo homem e em alguns casos podem trazer sérios danos à humanidade. Atualmente há uma grande preocupação em entender a química do meio ambiente, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida em nosso planeta.

De acordo com Bernadelli (2004), muitas pessoas resistem ao estudo da Química pela falta de contextualização de seus conteúdos. Muitos estudantes do Ensino Médio têm dificuldade de relacioná-los em situações do cotidano (DCE – Química, 2008).

O meio ambiente está intimamente ligado à Química, uma vez que o planeta vem sendo atingido por vários problemas que correspondem a esse campo do conhecimento (DCE – Química, 2008).

Estamos em pleno desenvolvimento tecnológico, não podemos ficar tentando passar  o conhecimento somente através de aulas expositivas. Faz-se necessários o uso de todos recursos de multimídia, neste caso a TV, como instrumento de apoio pedagógico para fixação dos conceitos químicos através da exposição de imagens e vídeos.

Metodologia:

O conteúdos foi desenvolvido em 04 h/a(aulas geminadas) no 2.° ano do Ensino Médio e na EJA (coletivo):

1.ª aula:
1.° – apresentação do vídeo acidentes nucleares.  2.° tema para discussão: A energia hoje e amanhã – poluição. 3.° apresentação do vídeo meio ambiente poluição. 4.º tema para discussão: O que será do Planeta?

2.ª aula:
Apresentação dos slides: Química Ambiental

3.ª aula:
Aula experimental :  Provocando a chuva ácida

Referência: Este experimento foi desenvolvido pela aluna Aline Escocard Siqueira sob a orientação da profa. Maria Cristina Canela (LCQUI-CCT-UENF)

Materiais:
  • Bico de Bunsen ou fogareiro de camping
  • Bomba de aquário
  • Água
  • Balão volumétrico de 200mL com tampa
  • 3 pedaços de mangueira (borracha de látex)
  • 2 vidros com tampa (frascos vazios de maionese ou de leite de coco com tampa)
Procedimento

  Monte um esquema como o abaixo.





Faça a ligação com um pedaço de mangueira na saída de ar da bombinha de aquário com a tampa da garrafa. Com outro pedaço de mangueira, ligue o outro furo à tampa do vidro 1, e por último ligue o vidro 1 no vidro 2, que contém água e está sobre o bico de Bunsen.
  Conecte a garrafa contendo o gás da parte 1 à bomba de aquário e ao vidro 1. Ligue a bomba e observe o que acontece. 


O que ocorre?

  Ao ligar a bomba de aquário, ela empurra o gás dióxido de nitrogênio que estava no balão para o vidro 1. Este gás (NO2) entra em contato com o vapor de água que se formou no vidro 2 e que também foi transferido para o vidro 1, formando o ácido nitroso (HNO2) e o ácido nítrico (HNO3).
2NO2 (g)   +   H2O(l)   =   HNO2(aq)   +   HNO3(aq)

  Quando esses dois ácidos entram em contato com o oxigênio do ar, formam a chuva ácida.
2HNO2   +   O2 =  2HNO3

  Para verificar a acidez da solução formada, pode ser usado um papel indicador de ácido ou colocar um pedaço de casca de ovo em contato com a solução ácida. O ácido reage com o CaCO3 (carbonato de cálcio existente na casca do ovo) promovendo a dissolução e desprendimento de CO2 (formando pequenas bolhas). Desta forma, é possível demonstrar a ação do ácido sobre materiais feitos a base de carbonato de cálcio, como monumentos de mármore quando expostos por vários anos a este tipo de poluição atmosférica se decompõem.
CaCO3   +   2H+   --->   CO2   +   H2O   +   Ca2+

CaCO3  --->   CaO   +  CO2

O que fazer com o resíduo?

  Neutralizar com soda cáustica ou bicabornato de sódio que podem ser encontrados no mercado. A neutralização pode ser feita também com a própria casca de ovo

4.ª aula:

-Trabalho (atividades avaliadas), com 05 questões de múltipla escolha e 05 questões abertas.
- Apresentação do relatório sobre a atividade experimental.


Sites:


Referências:

PARANÁ. Secretaria do Estado da Educação. Diretrizes curriculares de rede pública de educação básica do Estado do Paraná. Curitiba, 2008.

QUÍMICA AMBIENTAL. (1999) Disponível em: http:www.wikipedia.org.br. Acesso em: 24 abril. 2011.

BRASIL. A Lei N° 9.793. A Educação Ambiental tornou-se lei em 27 de Abril de 1995

BAIRD, C.. Química ambiental. 2.ed. Porto Alegre: Bookman, 2002.

QUÍMICA AMBIENTAL. Disponível em: http://www.uenf.br/uenf/centros/cct/qambiental/ Acesso em: 24 abril. 2011.

obrigado pela visita

Related Posts with Thumbnails